Tuesday, July 17, 2007

El Saramago .. per supuesto que no me gusta lo que dices...


Primeiro vi em nota de rodapé. depois, como a coca-cola, entranhou-se-me a notícia que em entrevista ao Diario de Noticias, Saramago teria dito " que os portugueses só tinham a ganhar se Portugal fosse integrado na Espanha"(entrevista aqui).
Ora pois muito bem e em primeiro lugar, gostos literários à parte, fazia-me um bem enorme à alma, saber que este senhor tinha adoptado a pátria de nuestros hermanos como a sua. ao fim e ao cabo, se fosse futebolista, nos tempos antigos já o teria certamente feito. porque afinal, tudo o que vem de Espanha é bom e melhor. já um amigo meu também o diz. e também a ele lhe digo, porque nao te mudas tu, se é assim tão melhor?
Segundo, nem me passa pela cabeça alongar-me muito em relação a isto; porque os meus poucos cabelos ficam eriçados opiniões deste género, vindas de alguém da estirpe do Sr. José El Saramago. e porque não perco muito tempo com opiniões. este Sr. devia mudar de nacionalidade em silêncio. o silêncio, que por vezes é melhor que muitas das suas palavras.
recordo-me vagamente das suas espantosas opiniões sobre o comunismo, cuba, fidel e as figuras do império soviético. defender figuras como Lenine ou Estaline, hoje em dia e com o profundo conhecimento que temos da História, é de rir. ou de chorar, dirão alguns.
Terceiro, andam as regiões não autónomas espanholas em guerras internas com o governo central, para uma maior autonomia. as regiões autónomas, em guerra andam com o governo central, para uma maior independência cultural e económica. e nós, tuguinhas, vamos baixar as calças para esse mesmo governo central. bom, se alguém baixar as calças, certamente não serei eu! Vivesse Espanha em clima de harmonia social e económica, poderia aceitar e compreender isto como um desabafo. agora assim meus amigos, "só me apetece é ganir".
por isso, depois de não apreciar a escrita do Sr. El Saramago (não prometi não opinar sobre a escrita e por isso mesmo, sem ninguem pedir, aqui fica), doravante ganhará um lugar no pódio dos "opinion-makers-que-mais-valia-estarem-calados". e medalha de ouro, à frente das fatimas felgueiras, isaltinos morais e similares. o sr. El Saramago, se calhar não sabe, mas em Espanha também os há!

19 comments:

extravaganza said...

Espanha é um dos casos mais bem sucedidos de hype que eu conheço!! E está tudo dito. E o português é tão crente que às vezes até faz impressão!!

Já escrevi em tempos no meu blog que se esta merda for parar à mão dos espanhóis, eu salto logo para as fileiras da resistência! Olha agora, que diria a minha tia padeirinha desta porcaria?!

Está tudo louco ou quê? Quem quiser que emigre!!

Perdoem-me o Português(!!)

Osvaldo said...

O Alcaide-Mor de Lanzarote voltou a abrir a boca... E, de cada vez que o faz, só saem "patacoadas".

Enfim, temos de ter alguma tolerância para com os artistas, mas é pena que o nosso único Prémio Nobel vivo nos envergonhe desta forma.

extravaganza said...

Sim, se o prémio Nobel morto ouvisse isto, pensava logo em praticar no vivo a técnica que deu o Nobel ao morto.

Parece confuso mas não é :)

Joao said...

Tens razão. um corte aqui, outro acolá .. e se calhar ainda conseguia escrever mais um livro, para ninguém ficar triste.
e depois ía passar férias à Albania, para ver o que era bom para a tosse.

extravaganza said...

Albânia sim, mas no pico do Inverno...

Osvaldo said...

Pode ser que os albaneses lhe mostrem um pouco da famosa hospitalidade dos Balcãs. Pelo sim, pelo não, é melhor deixar o relógio em casa, Señor Saramago.

Nuno said...

O homem já está gágá, afectado pelo alemão, o Alzheimer ou então é mesmo idiota! E debita diarreias verbais deste calibre!
Defacto ele diz muita merda, mas algumas verdades(era inevitável), por exemplo qdo comparou Israel ao 3º reich devido ao exterminio de um povo perpetrado pela nação judaica!
Eu passo-me para "la resistance"!

Joao said...

começa a ser quase gritante, a necessidade da geração, certa vez, apelidada de "rasca", voltar à vida activa.
como primeira medida, com inclusivé elevadas vantagens económicas, propunha que os estaleiros navais de viana do castelo, começassem a produzir grandes navios. e navios para quê, perguntam vocês?
- para começar a embalar certas bolsas disfuncionais da nossa sociedade, para .. hum.. Albânia? os albaneses nunca nos fizeram mal,mas não vejo melhor sítio.
a começar pela classe política/circense, já teríamos carga para uns 10 navios. e de grande porte!!
ja viram o impacto no emprego da região?
além que a redução no número de chupistas, à direita ou à esquerda, na classe política contribuiría para a redução dos gastos com a administração central/local. a balança orçamental agradeceria, assim como os meus impostos, que teriam finalmente um destino decente.

Joao said...

e depois .. mentes iluminadas (certamente à custa de muito metano emitido pelos seus cérebros) seguir-se-iam.
atenção, vou confessar uma coisa: eu estou a morder na língua quando escrevo textos destes. na viagem à Islandia, deu direito a quase nao comer uma sopa... por castigo!
tenho sido, desde ha alguns anos, um dos maiores críticos dn nosso país. agora saio em defesa deste cantinho à beira mar plantado.
mas sinceramente, não consegui aguentar o comichão...

ps: para o Señor Saramago,recomendava-se um pouco do seu remédio: uma jangada de pedra!

Joao said...

e depois.. havia de ver com quantos paus se faz uma .. jangada (de pedra...)!

Sea said...

curioso e seguindo o que disseste... somos geração, já apelidada de rasca mas, não nos entregamos assim tão facilmente.

P.S.: um desconto ao sr. s.f.f, pelo avançar da idade.
alzheimer?
:)

extravaganza said...

Esta geração rasca, sempre à rasca (pelo menos para mim ainda não passou a aflição, tantos anos volvidos!) mas que na hora da verdade mostra a sua raça!

:)

Joao said...

temos poetisa!!!!

Bola Oito said...

Esse senhor está nitidamente anquilosado. O NobÉl subiu-lhe à cabeça certamente. Lá pq ele vive em Espanha e é rico julga que em Espanha é que se está bem. pois que fique por lá. Mas já que está lá, que abra os olhos e veja que Espanha tb não é um mar de rosas.

O Português da geração rasca said...

E VIVA LA ESPAÑA!!!... Tugas tótós!
"Cantinho á beira mar plantado"
"Brandos costumes"
"Sim, Sr.Dr."

Kiss my ass

Joao said...

preferes os brandos costumes espanhois, tipo guerra civil, imposição de cultura governamental sobre culturas regionais?
pelo que sei, por ex. o mirandês tem morrido por falta de quem o fale e pratique. ao contrário de certas línguas e/ou dialectos que em Espanha têm tido acções concretas para o seu término.
concordo com o facto deste tema ter uma vertente idiossincrácica, mas daí a cuspir no prato...

extravaganza said...

Rimei sem querer João :)

Anquilosado é muito bom! Mesmo!!

Kraak/Peixinho said...

Socorro! O homem tem ultrapassado as marcas, sobretudo com esta afirmação cretina e imperialista, de certa forma. Mas alguns ataques que faz e que já fez a Portugal foram tiros certeiros na mouche. Se calhar o avanço da idade dá-lhe para determinadas coisas. O melhor mesmo era estar caladinho.

Eu cá propunha a união com a Catalunha, tipo Aliança Litoral Ibérica, hehe. :P

Hugzz!

Joao said...

ehehe Kraak.. nessa aliança até eu voto!
nem consigo imaginar a total amplitude/alcance das vantagens.